Críticas

Crítica | You Are Not My Mother (2021)

0
Capa do filme You Are Not My Mother

Veja nossa crítica do filme You Are Not My Mother, lançado em 2021.

Hollywood está perdendo espaço em um cenário que era quase exclusivo seu e eu posso provar. Não é todo dia que se tem uma obra irlandesa digna de um expressivo “caramba, que filme top”. Para os amantes do gênero, You Are Not My Mother certamente não deixará a desejar, apesar de algumas ressalvas.

Provando por A mais B que é, sim, possível fazer muito com pouco, a produção entrega um filme extremamente envolvente, apesar do baixo orçamento, chegando a alcançar a marca de 86% de aprovação no portal Rotten Tomatoes, um popular agregador de críticas a filmes e séries na internet.

Lançado em 2021, no Festival Internacional de Cinema de Toronto, o filme só chegou ao Brasil em 25 de março de 2022 e causou excelente impressão na crítica e, acima de tudo, no público.

Enredo

Cena do filme You AreNot My Mother

Cena do filme You Are Not My Mother

Apesar de uma história um tanto quanto dedutiva e sem muito mistério quanto ao problema a ser enfrentado pela protagonista, o enredo compensa e muito essa quase insignificante falha quando apresenta o problema central do filme brilhantemente posicionado de forma paralela a um histórico de bullying, depressão, problemas familiares e até mesmo elementos de bruxaria.

A história gira em torno de Char, protagonista interpretada por Hazel Doupe, que logo no início nos mostra estar enfrentando alguns problemas familiares por conta de sua mãe, Angela (Carolyn Bracken), que sofre de uma depressão profunda e acaba envolvendo toda a família em seu sofrido tratamento.

Até aí, nada muito distante de um filme de drama mais que batido, porém, a história muda quando um acontecimento faz com que todos desconfiem que Angela não é mais a mesma.

Nesse ponto, o filme peca e deixa uma ponta solta quando não dá maiores esclarecimentos sobre o ocorrido. Como aconteceu? O que houve naquele dia? O que houve durante o tempo em que aconteceu isso com Angela? São algumas perguntas que, infelizmente, não são respondidas com cenas, o que seria realmente prazeroso.

Uma grande jogada certamente envolve o bullying sofrido pela protagonista. É realmente inesperada a importância que seus algozes acabam adquirindo na solução do problema. Além disso, o fato do clímax do filme se passar exatamente na noite de Halloween também colabora para uma pegada mais retrô, nos levando de volta àqueles bons e velhos filmes de terror de Dia das Bruxas.

Veja também: As melhores Franquias de Filmes de Terror para Maratonar

Atuação de Hazel e Carolyn em You Are Not My Mother

Char e Angela de You Are Not My Mother

Char e Angela de You Are Not My Mother

É um tanto quanto difícil definir se a atuação de mãe e filha (Char e Carolyn) foram, de fato, boas, uma vez que não temos tantas referências de trabalhos anteriores das atrizes, ou se elas realmente são pessoas apáticas na vida real.

É nítido o quanto as duas encarnaram seus papéis com maestria e conseguiram transmitir a imagem de pessoas que realmente sofrem os problemas que elas sofrem no decorrer do filme. Com isso, mesmo sendo realmente difícil dar certeza sobre atuação da dupla sem conhecer trabalhos anteriores, podemos dizer que as personagens centrais foram muito bem entregues ao público.

Veja também: 6 filmes de terror para assistir na Amazon Prime Vídeo

Afinal, é terror ou não é?

Capa do filme You Are Not My Mother

Capa do filme You Are Not My Mother

Na produção em questão, a predominância do terror psicológico é clara. Neste tipo de filme, a história trabalha a mente do espectador e o insere aos poucos nos conflitos enfrentados pelos personagens, deixando de lado a proposta do medo e de cenas absurdamente assustadoras.

De fato, o público não pode esperar grandes sustos de You Are Not My Mother, mas, em seu lugar, temos a aflição fruto dos acontecimentos e de elementos gerais do filme, como trilha sonora, visual dos personagens e até mesmo o cenário. Um exímio terror psicológico.

No geral, apesar de um filme muito positivo, a capa não condiz com o conteúdo e quem assistiu ou pretende assistir em busca de um terror sobrenatural, se decepcionou ou se decepcionará, mas quem simplesmente busca por um filme que vale a pena assistir e pode desconsiderar a informação visual da capa, este filme realmente vale a pena.

Gostou da nossa crítica? Compartilhe com seus amigos 🙂

Informações sobre o filme: IMDb

Clique para avaliar este post!
[Total: 1 Média: 5]
Higor Mendes
Redator com mais de cinco anos de experiência, apaixonado por história, filmes, séries, jogos e curiosidades em geral.

Filmes sobre o fim do mundo da Netflix até a Star+

Artigo anterior

Ganhadores do Oscar de Melhor Filme Para assistir no Amazon Prime

Próximo artigo

Você também pode gostar

Comentários

Os comentários estão fechados.