CríticasFilmes

Vidas à Deriva: Crítica

0
Vidas a Deriva
Vidas a Deriva

Vidas à Deriva é um filme de Romance e Aventura que vem ganhando bastante destaque, e se você é fã deste gênero recomendo que leia este artigo até o final! Você vai se surpreender!

Richard Sharp e Tami Oldham velejam pelo Taiti e se deparam com um tremendo azar, e acabam sendo atingidos por uma tempestade intensa. Após a tormenta amenizar, Tami se vê perdida e sozinha nas ruínas que sobraram da embarcação. E a partir deste momento a aventura começa, Tami tenta buscar uma maneira de salvar sua própria vida e também a vida do seu parceiro.

Vidas à Deriva: Crítica

Como é de se esperar, os filmes que giram em torno de personagens perdidos no mar, acabam tendo um grande desafio de produção. Pois gera uma atmosfera de desespero e tensão, por esse motivo é importante que o roteiro seja muito bem dirigido para que o filme surpreenda os telespectadores e mantenha eles atentos do começo ao fim! Já adiantamos que ‘’Vidas à Deriva’’ entrega tudo isso da melhor forma possível! 

vidas a deriva

vidas a deriva

Este filme possui um equilíbrio perfeito entre momentos de tensão e momentos de alívio, sem deixar de lado o melhor do romance!

Os elementos de sobrevivência são explorados ao máximo! E o mais interessante de tudo, é que essa história é baseada em fatos reais! O filme se passa em 1983, quando Tami Oldham e seu amado Richard Sharp, zarpam em um veleiro do Taiti em direção a San Diego. Todos os planos do casal acabam indo por água abaixo após a chegada de um terrível furacão que os deixou desabrigados por 1 mês em situações precárias!

vidas a deriva

vidas a deriva

Tami conseguiu sobreviver a todos os desafios, e foi ela que escreveu o livro que relata todos os acontecimentos, servindo de base para a produção do filme. O filme possui mais momentos de tensão do que momentos de alegria, afinal, ele tenta ser o mais próximo da realidade possível, e ficar à deriva é algo que não é nada agradável!

Durante as aventuras e tentativas de sobreviver, o casal relembra inúmeros momentos do passado, tendo flashbacks das fases mais importantes que Tami e Richard vivenciaram juntos. Afinal, eles não sabiam se havia alguma chance de sobrevivência, e precisavam relembrar os momentos em que o amor trazia alegria para seus corações.

Apesar dos momentos românticos, o fato é que a tensão contínua frequente, e relembrar bons momentos não foi o suficiente para esquecer do fato de que os personagens estão em uma situação de vida ou morte!

O ponto mais forte do filme está nas cenas do Mar! Que foram dirigidas pelo mesmo diretor de ‘’Evereste’’, portanto ele possui uma vasta experiência em explorar as paisagens da melhor forma! É muito interessante observar a imersão que este filme causa, assistir o casal enfrentando um isolamento colossal e ver os problemas causados pela tempestade é algo que faz com que você se teletransporte para dentro do filme e sinta tudo como se fosse na sua pele (mesmo que por um instante). Inclusive pode ser uma cena um tanto quanto traumática para algumas pessoas.

Apesar do filme não ser perfeito, ele é uma ótima escolha para aqueles que gostam de assistir relatos reais, ele é verdadeiramente impressionante, sendo um dos melhores filmes de sobrevivência dos últimos 5 anos!

Onde assistir Vidas à Deriva

Tenho certeza que agora você ficou com vontade de assistir! E a melhor parte é que este filme pode ser encontrado facilmente! Ele está disponível na Prime Vídeo e na HBO Max, que são duas das grandes plataformas de streaming de filmes. Ambas possuem preços de assinatura bastante acessíveis, sendo bem mais baratas do que a sua principal concorrente ‘’Netflix’’.

Gosta dos clássicos? Não deixe de ver este aqui!

 

Clique para avaliar este post!
[Total: 2 Média: 5]

Quem é o Flash Reverso?

Artigo anterior

Demogorgon: Stranger Things

Próximo artigo

Você também pode gostar

Comentários

Os comentários estão fechados.